Um Projeto: Fundação Estudar
equipe do to garantido

Conheça Felipe Cunha, o administrador que trocou os bancos pelo mundo dos negócios sociais

Por Rafael Carvalho

“Eu me sinto muito mais feliz. É uma outra motivação quando você acorda para trabalhar”, diz o fundador da Tô Garantido, startup que oferece microsseguros à população de baixa renda.

Com exceção do ano de 2009, o PIB brasileiro esteve em constante crescimento no século XXI. O bom desempenho econômico do Brasil alçou a economia à sétima colocação na escala global. Para muitos brasileiros, incluindo os de baixa renda, esse momento significou melhoria de vida.

O ganho econômico dos estratos sociais mais baixos, contudo, tem uma fragilidade alta: as conquistas como carro e casa próprios podem ser perdidas rapidamente, sem que as famílias tenham qualquer tipo de proteção financeira.

Esse desamparo, que pode levar muitos brasileiros de volta à pobreza, é justamente o problema que a Tô Garantido busca combater. Focado na venda de microsseguros, o negócio social foi idealizado pelo administrador Felipe Cunha.

Conheça o Imersão Impacto Social, veja as datas e participe!

Com 36 anos, sendo um deles à frente da empresa, Cunha sempre teve interesse em criar um negócio que gerasse impacto social com e também proporcionasse estabilidade financeira. “Queria algo que fizesse sentido no final. Diante disso eu passei a estudar alguns modelos de negócios de impacto social e de microfinanças. Dentro deles a gente encontrou nos microsseguros um grande potencial de negócio em um mercado ainda com muito por atingir no Brasil”, explica o fundador.

Felipe Cunha To Garantido 2
Equipe Tô Garantido [Acervo Pessoal] 

Além de perceber a boa oportunidade, Cunha também já tinha alguma experiência nesse mercado de seguros, embora tenha trabalhado boa parte da sua vida em bancos. “A minha primeira experiência profissional, lá atrás, foi numa corretora de seguros. Lá a gente começou a desenvolver seguros massificados, sobretudo seguros populares que eram obtidos através de contas de energia. Mas depois me formei, entrei em outra área do setor financeiro, segui outro caminho”, conta.

Com o projeto desenhado, o fundador da Tô Garantido foi para o mercado. Apenas um ano depois da idealização do negócio, a empresa recebeu apoio da aceleradora Artemisia. “No primeiro semestre de 2014 a gente passou pelo processo de aceleração, o que permitiu refinar nosso modelo de negócio e ter contato com a população de baixa renda através dos workshops que eram realizados pela Artemisia nas comunidades, principalmente no Jardim Ângela”.

Leia também: As oportunidades para quem quer empreender com impacto social

Viabilização Embora tenha recebido o apoio da Artemisia, a Tô Garantido ainda teve que ralar para poder se estabelecer no mercado. O próximo passo foi negociar e ensinar para as grandes seguradoras o modelo de negócio que eles queriam colocar em prática. “Foi um grande desafio, porque elas [as seguradoras] ainda não conheciam, na maioria das vezes, qual o perfil de risco desse consumidor de classe C e D que está comprando seguros pela internet. Mas elas fizeram uma aposta no modelo de negócios do Tô Garantido e conseguiram desenhar produtos e coberturas mais simplificadas”, explica Cunha.

Hoje a Tô Garantido vende seguros que começam no valor de R$9,90 ao mês. O ‘seguro auto simplificado’ é a sua locomotiva. Ainda que seja mais restrita ao seguro de veículos, a compra pode se expandir, já que, por ser a primeira vez da maioria desses clientes lidando com seguros, eles começam a se familiarizar com o produto. Assim, o seguro auto é a porta de entrar para os outros produtos oferecidos pela Tô Garantido.

Mudança de vida Além de causar impacto na vida dos clientes, a entrada para o mundo dos negócios sociais também modificou a rotina de Cunha. “Eu me sinto muito mais feliz. É uma satisfação, é uma outra motivação quando você acorda para trabalhar. Você sabe que seu trabalho, no final, vai ter um impacto positivo na vida das pessoas. Quando a gente ouve o depoimento das pessoas, faz a gente se sentir mais feliz e saber que a gente de alguma forma está contribuindo para criar um mundo melhor”, relata.

Cunha também afirma ser perceptível a motivação extra de seus funcionários. “Hoje somos uma equipe de oito pessoas e todo mundo está muito imbuído desse objetivo de levar um impacto positivo na vida das pessoas. A gente quer ajudar as pessoas que mais precisam nos momentos mais difíceis”, exemplifica.

Por fim, Cunha explica o seu grande objetivo com a empresa que mudou sua vida: “É o que a gente se propõe na Tô Garantido: garantir acesso a esses produtos. Que diante dessas adversidades as pessoas possam continuar nessa trajetória de crescimento econômico, social e cultural, que elas continuem se desenvolvendo”, finaliza.

 

Assista também: A diretora Mara Mourão, do longa ‘Quem se Importa’, sobre empreendedorismo social, explica como decidiu fazer um documentário sobre esse tema

 

Dica do Na Prática:

Conhecer de perto as etapas de um processo seletivo e entender como acontece cada uma delas aumenta as suas chances de contratação. Se você ainda não se sente 100% confiante, não se preocupe, a Fundação Estudar reuniu as maiores referências no assunto em um curso online para te ajudar neste desafio. Inscreva-se agora com 20% de desconto com o cupom PROCSEL-20 clicando aqui.

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo