Um Projeto: Fundação Estudar
Luiza Trajano sorrindo

4 dicas de carreira de Luiza Trajano, presidente de conselho no Magazine Luiza

Por Rafael Carvalho

Mesmo na presidência, Luiza Trajano continuou envolvida de perto no atendimento ao consumidor; para ela, entender a ponta do negócio - onde acontece o contato com os clientes - é essencial para todos os profissionais

Luiza Trajano é até a mulher no topo do mercado varejista brasileiro. Depois de exercer por sete anos o cargo de CEO do Magazine Luiza, ela passou o bastão para seu sobrinho esse ano e hoje ocupa a presidência do conselho do grupo. 

Sua carreira em gestão empresarial começou na área de vendas, aos 12 anos, quando abriu mão das férias escolares para trabalhar. Depois dessa experiência, começou uma longa trajetória dentro da rede de lojas fundada por sua tia – também Luiza, que dá nome ao grupo. Desde 1991, quando se tornou superintendente, começou uma ascensão para cargos mais estratégicos que culminou na presidência, época em que foi considerada pela Forbes uma das três mulheres mais poderosas do Brasil. Ainda assim, faz questão de manter o olho na operação e não se distanciar do dia a dia da empresa.

A seguir, veja quatro dicas que ela compartilhou com exclusividade com os leitores do Na Prática e que fazem parte do minicurso por email Conselho de CEO – Aprenda sobre a carreira em gestão empresarial com grandes líderes.

Leia também: ‘A vida é muito curta para trabalhar em uma empresa chata’, diz Carlos Brito, da Ab Inbev

Dica 1: A estratégia nasce na ponta

No programa de trainee do Magazine Luiza, os participantes passam três meses nas lojas. Entender a ponta do negócio – onde acontece o contato com os clientes – é essencial para todos os profissionais, e deve servir de base para a estratégia do negócio.

Dica 2: Saiba renunciar

Para Luiza Trajano, uma das atitudes que moldam um líder é a vontade de participar, de fazer, sem medo de errar. Buscar ir além do que você sabe. Em vez de “ver a banda passar”, faça parte da banda. Isso exige tempo e energia, e em muitos momentos vai significar abrir mão de horas de sono ou lazer. É importante saber quando fazer essa escolha, e buscar sempre o equilíbrio.

Dica 3: Não seja centralizador

Para não acumular tarefas e conseguir fazer as coisas acontecerem, é necessário saber delegar e confiar na execução das outras pessoas. Para Luiza Trajano, esse é o segredo para fazer o dia render e arrumar tempo para as suas tarefas dentro e fora do trabalho.

Dica 4: Tire lições dos fracassos

Por mais clichê que possa parecer, é importante insistir na ideia de que é possível evoluir por meio das falhas. Para isso, você deve buscar o aprendizado por trás de cada situação que deu errado, e criar uma estratégia para não repetir esse erro. Nas palavras de Luiza Trajano, trata-se de “abrir espaço para novos erros”.

Assista à entrevista completa com Luiza Trajano

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo