Como gerenciar suas emoções no trabalho para lidar melhor com a rotina

0
8
mulher com expressão de satisfação segurando caderno e sentada em frente ao notebook

A irritação depois de uma reunião improdutiva, o feedback cheio de pontos de melhoria levado para o lado pessoal, a insatisfação depois de ouvir algum comentário negativo sobre o seu trabalho… 

Essas são só algumas situações em que pode ser difícil manter a calma no trabalho. E se já teve que lidar com emoções mais intensas que fizeram você agir por impulso, saiba que não está sozinho(a).  

A boa notícia é que segundo uma pesquisa feita pela Universidade de Stanford, manter o controle pode ser muito mais fácil do que parece. 

 

 

Tudo indica que as nossas motivações desempenham um papel maior na regulação de nossas emoções do que se acreditava anteriormente. Além disso, parece que também temos maior controle sobre como os outros influenciam nossas emoções. 

O estudo publicado no Journal of Experimental Psychology, mostrou que a maneira como nós queremos nos sentir pode impactar a forma como realmente nos sentimos.

Por exemplo: os participantes do estudo que queriam ficar calmos permaneceram relativamente relaxados mesmo diante de pessoas com raiva. Enquanto isso, aqueles que queriam ficar com raiva foram altamente influenciados por indivíduos irados.

“O nível em que as pessoas afirmaram estar motivadas para sentir ou não certas emoções previu o quanto elas seriam influenciadas quando fossem expostas aos sentimentos dos outros membros do grupo”, explica Amit Goldenberg, o principal autor do estudo e candidato ao doutorado em Stanford em psicologia.

A partir dessa conclusão, será possível experimentar maior estabilidade emocional no trabalho? Usando algumas estratégias para reduzir os níveis de estresse da sua rotina, pode ser que sim.

Conheça 4 práticas para gerenciar melhor suas emoções no trabalho

#1 Avalie regularmente o seu ambiente

Uma maneira simples de controlar proativamente as suas emoções – e estresse – no trabalho é pensar sobre o tipo de ambiente que você quer ou precisa estar e, a partir daí, se posicionar de acordo com isso. 

“A melhor forma de regular suas emoções é começar pela seleção do seu ambiente. Se você não quer ficar com raiva hoje, uma maneira de fazer isso é evitar pessoas com raiva ”, diz Goldenberg. 

Embora você obviamente não possa evitar um colega que é pessimista o tempo todo, você pode encontrar um lugar tranquilo para responder seus e-mails se observar que essa atitude está começando a ter um impacto negativo sobre a sua. 

Ao perceber que você precisa trabalhar com alguém que influencia negativamente as suas emoções, use a empatia e a franqueza para lidar com a situação. 

Quando observar que uma pessoa está chateada com algo, experimente dizer: “Sei que você não está tendo um bom dia, mas vamos trabalhar juntos para deixar isso de lado por enquanto e nos concentrar em nossa reunião”.

Teste e se surpreenda com o resultado!

Leia também: O que é Inteligência Emocional e como ela pode te ajudar a crescer na carreira

#2 Faça perguntas a si mesmo

Para lidar melhor com as suas emoções de maneira intencional, você precisa adquirir maior consciência sobre a relação entre seus pensamentos, sentimentos e comportamento. 

Com esse objetivo em mente, as doutoras do Programa de Pesquisa em Auto-Lesão e Recuperação Cornell, Abigail Rolston e Elizabeth Lloyd-Richardson, recomendam fazer uma autoreflexão com uma série de perguntas: 

  • Quais emoções são mais difíceis de tolerar? 
  • Que comportamentos costumo usar para acalmar esses sentimentos? 
  • Essas estratégias funcionam bem? 
  • Eu quero ter esses comportamentos? 

Ao ficar mais sintonizado com suas respostas emocionais, você pode reconhecer padrões e se preparar melhor para lidar com situações estressantes específicas.

#3 Defina uma intenção para o dia

Definir uma intenção emocional para o dia também é uma excelente maneira para enfrentar situações estressantes no trabalho. 

Para Goldberg, você tem o poder de se motivar para se sentir de uma maneira específica – calma, por exemplo – mesmo quando as pessoas ao seu redor se sentem diferentes. 

Ao acordar de manhã, tente estabelecer essa intenção. Escolher que você quer se sentir grato, contente ou calmo, irá te ajudar a se manter motivado diante das emoções negativas.

#4 Tenha uma rotina de hábitos saudáveis

Boa alimentação, exercícios e um sono de qualidade também podem desempenhar um papel na sua capacidade de regular as emoções. 

Rolston e Lloyd-Richardson recomendam dormir o suficiente todas as noites, fazer uma dieta saudável e se exercitar regularmente para refinar ainda mais as habilidades de regulação emocional

“É como se você tivesse uma perspectiva totalmente nova na vida ao fazer escolhas simples e mais saudáveis. É muito mais fácil ignorar as pequenas coisas que poderiam tê-lo incomodado ou chateado!”, explicam.

Como você viu, todas as dicas são super simples e fáceis de serem executadas no dia a dia. Que tal começar hoje mesmo?

 

Os melhores conteúdos para impulsionar seu desenvolvimento pessoal e na carreira.

Junte-se a mais de 1 milhão de jovens!
Casdastro realizado, fique ligado para os conteúdos exclusivos!
Seu cadastro não foi realizado, tente novamente!

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: