Um Projeto: Fundação Estudar
conquistar confiança no ambiente de trabalho

Como conquistar confiança no ambiente de trabalho

Por Redação, do Na Prática

Seja diante dos clientes ou entre os colaboradores, a confiança é a base de um ambiente de trabalho produtivo e de alto desempenho. Confira as dicas de quem trabalha imerso nessa cultura.

Se a confiança dentro do ambiente de trabalho é essencial para fazer qualquer tipo de negócio crescer com sustentabilidade, dentro de uma empresa que trabalha com soluções antifraude no mundo digital, essa premissa é ainda mais forte. É o caso da ClearSale. Para o CEO, Pedro Chiamulera,  não adianta ter um discurso que ressalte o quanto o core business é garantir confiança em momentos críticos, se internamente ela não existir. 

“A confiança é um valor muito importante no negócio da ClearSale. Quando pensamos que o usuário que está do outro lado da tela é uma pessoa, estamos validando a sua integridade. Isso é uma questão de confiança e ela tem que começar dentro do ambiente de trabalho. É uma cadeia que começa pelos nossos profissionais e vai se estendendo pelos clientes e fornecedores.”, explica.

Para garantir e fomentar essa cultura entre os funcionários, a empresa tem um plano de ação focado na construção da confiança desde 2005. Pedro dá o exemplo das “dinâmicas semanais”, organizadas pela área de Gestão Educacional. A partir de uma espécie de cardápio, os colaboradores escolhem em quais querem participar.

 

 

“Os profissionais podem ir para se abrir como pessoa. Eles se arriscam e testam o valor da confiança na prática. A gente tem um ambiente de muita conversa e de muito aprendizado. A confiança vem a partir das conexões que fazemos”, diz.

Confiança na prática

A  Assistente de Atração de Talentos, Amanda Teixeira, trabalha na ClearSale há quatro anos. 

Para ela, confiança dentro do ambiente de trabalho é ter espaço para falar quando vê algo errado, quando comete alguma falha ou quando tem medo ou dificuldade para fazer alguma tarefa.

“Na ClearSale você sempre vai encontrar alguém para te ajudar, para dar uma orientação de como executar o que precisa ser feito da melhor forma possível. Ter essa abertura de pedir ajuda ou falar que algo está errado é bastante relevante.”

Para quem está no início da carreira, Amanda acredita que agir com muita curiosidade e mostrar disposição para aprender são fatores essenciais para ganhar a confiança dos colegas e líderes. 

“Por mais que você tenha feito uma faculdade, entrar no mercado te abre muitas percepções… É preciso se colocar nesse lugar de aprendizagem. Outras pessoas com mais tempo de carreira podem te ajudar e você também precisa ir atrás de processos novos.” 

Leia também: 3 elementos para conquistar confiança como um líder

“Confiança não tem hierarquia”

Para Pedro, a confiança é um valor humano. Isso significa que ela não está atrelada aos diferentes níveis dos profissionais dentro das empresas.  

“Não importa se é um diretor ou não. A confiança é muito horizontal e não tem hierarquia. Eu confio nas pessoas porque é a partir disso que criamos um ambiente com abertura para aprendizados, inovações, desenvolvimento e autoconhecimento“.

Para chegar nesse nível de troca e confiança, o CEO da ClearSale acredita que a autenticidade é fundamental. 

“Principalmente quando você está começando, é preciso não se esconder. Para gerar confiança, o primeiro passo é confiar em você mesmo. Não ter medo de se expor, de falar quando não sabe… No início da carreira você não tem nada a perder, então, ficar escondido e com medo de julgamentos é a pior coisa que você pode fazer para você mesmo.”

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo