Um Projeto: Fundação Estudar
Grupo diverso de pessoas trabalhando

9 coisas que Chief Marketing Officers de sucesso fazem

Por Tradução do LinkedIn

Para o Chief Experience Officer da PwC, ocupar o cargo com sucesso exige ter perspectiva, defender o cliente e investir num ambiente colaborativo, entre outros traços. Saiba mais

Hoje Chief Experience Officer global da PwC, David Clarke tem duas décadas de experiência com altos executivos de marketing, tanto internamente – ele acumula funções de chefe de marketing, estratégia, inovação e digital – quanto externamente, interagindo com clientes de uma das maiores consultorias do mundo.

Sua visão de marketing é, portanto, afiada. Em um artigo recente para o LinkedIn, Clarke resumiu os 9 traços indispensáveis de chief marketing officers (CMOs) de sucesso.

Sua conclusão? O ritmo das mudanças é extremamente rápido e o ambiente, cada vez mais colaborativo e em busca dos talentos certos – e muitos desses traços podem ser úteis já no início da carreira.

Veja abaixo a tradução do NaPrática.org:

Baixe o ebook: O Guia Definitivo Para Iniciar Sua Carreira Em Marketing

Carreira em marketing: o que CMOs de sucesso fazem

Culpe o ritmo das mudanças: um novo estudo citado pelo Wall Street Journal mostra que o tempo médio que um chief marketing office (CMO) passa no cargo numa grande marca é de apenas 42 meses – menor que a vida de um peixinho dourado.

De fato, o campo está mudando tão rapidamente que muitos acham difícil simplesmente acompanhar.

Por que a taxa de turnover para CMOs é tão mais alta que outros cargos C-level, incluindo CEO? As expectativas de clientes estão evoluindo num passo rápido e segmentos inteiros da indústria digital estão surgindo – ou morrendo – do dia para a noite.

Marketing, vendas, dados, mundo digital e tecnologia agora se movem rapidamente em caminhos que são conectados e frequentemente erráticos.

UM CMO precisa estar na vanguarda dessa evolução e conduzir sua empresa na mesma direção da indústria.

Com esses novos desafios na mesa, que qualidades permitem que CMOs tenham uma boa performance com o tempo e mantenham seu cargo C-level conquistado a duras penas?

Como passei minha carreira trabalhando com líderes de marketing, reuni os 9 seguintes traços:

1. Entendem o poder da perspectiva

O campo de marketing pode parecer uma sorveteria hoje em dia: há tantos sabores e conjuntos de habilidades disponíveis.

Os melhores CMOs são conectores que sabem que dependem de toda uma organização e compartilham responsabilidades com ela.

Uma estratégia bem sucedida de marketing digital requere input de colegas tão diversos como o chief information office, chief financial officer e chief security officer.

CMOs precisam saber falar a língua de múltiplas disciplinas. E precisam entender como unir experts de diversos backgrounds para organizar colaborações harmônicas.

Leia também: Como os profissionais de marketing estão mudando, segundo ex-diretora executiva da Bumble and bumble

2. Têm paixão pelo trabalho

CMOs precisam ser apaixonados pela indústria em que a empresa opera e compreender como “evangelizar” uma estratégia de marketing que diferencia sua empresa dos competidores.

Não se trata de usar a paixão simplesmente para motivar um grupo de colegas numa reunião anual. Na verdade, a energia de um líder é o combustível da energia do time.

O CMO precisa continuamente demonstrar zelo pelo trabalho para inspirar o mesmo nível de comprometimento por parte do time. Paixão tem uma tremenda influencia na qualidade e criatividade do marketing.

3. Têm vontade de estar na linha de frente

O respeito precisa ser conquistado em cada disciplina do mundo dos negócios, inclusive marketing.

Um CMO não pode só oferecer perspectiva. Precisa ir para a linha de frente e trabalhar na construção de uma estratégia, testar novas tecnologias e trabalhar no design de user experiences auge aumentarão o alcance do marketing.

Esse é o único jeito que um CMO pode usar para desenvolver uma estratégia em vários canais e vender uma visão para atingir os objetivos do negócio.

Ao demonstrar confiança em suas próprias habilidades e mostrar vontade de dar duro, CMOs vão atrair equipes que querem fazer o mesmo.

4. Têm olhar atento

Dados crescentemente dominam o mundo. Mas o instinto ainda importa. Marketing é parte habilidade, parte intuição e precisa ser informado por bom gosto.

Um CMO de sucesso precisa entender instintivamente o que tem impacto, o que é tendência e o que o cliente quer.

Em nossa pesquisa global recente, Digital IQ, descobrimos que a atenção à experiência humana era um indicador forte de uma performance superior nos negócios. o chefe de marketing deveria então considerar a experiência como uma responsabilidade primária.

Baixe o ebook: O Guia Definitivo Para Iniciar Sua Carreira Em Marketing

5. São capazes de evoluir

Abraçar o conceito ou as táticas de inovação não é suficiente. CMOs precisam constantemente abraçar riscos e cultivar novas ideias.

Não faz muito tempo que bom marketing significava colocar um anúncio na lista telefônica. O campo do marketing muda todos os dias e CMOs precisam conseguir não apenas manter-se atualizados, mas guiar seus negócios.

Chegamos a um ponto em que a combinação de análise de dados, inteligência artificial e conectividade onipresente significa um marketing relevante e contextual, hoje mais possível do que nunca.

Abrace essa inovação ou corra o risco de ser extinto.

Leia também: Interessado em Marketing digital? Entenda qual é o perfil deste profissional

6. Amam análises

Profissionais de marketing hoje têm acesso a uma quantidade sem precedentes de dados e agora devotam um pedaço substancial de seus orçamentos a ferramentas analíticas.

CMOs de sucesso não precisam ser cientistas de dados, mas precisam saber como impulsionar uma cultura guiada por dados que depende de análises para desenvolver, executar e avaliar estratégias.

O marketing pode ser um equilíbrio entre arte e ciência e CMOs precisam entender como utilizar dados para oferecer insights de direção e atribuir o sucesso de negócios a investimentos de marketing.

7. Sabem construir uma equipe

CMOs não são seres solitários. Como líderes de uma equipe que na maior parte do tempo é bastante grande, eles precisam ter – ou desenvolver – a habilidade de trazer o que há de melhor nas pessoas e desenvolver seu sucesso.

CMOs também precisam saber enxergar talentos e recrutar e reter novas estrelas que têm capacidades parecidas de falar várias línguas e agir de maneira multidisciplinar.

É igualmente importante ter a habilidade de construir uma cultura colaborativa e não uma hierarquia, em que todas as pessoas se sentem ouvidas e capacitadas para serem agentes de mudança.

Leia também: Você sabe contar sua história em uma entrevista de emprego? Conheça o novo curso Marketing Pessoal Na Prática!

8. Sabem criar um ambiente para exploração

Eu recentemente escrevi sobre como “caixas de areia” podem incentivar a criatividade. Essa abordagem envolve dar às pessoas tempo e espaço para se unirem em um espaço físico e onde temas podem ser examinados com o framework correto e novas ideias podem ser encorajadas.

Bons CMOs sabem como aplicar os princípios dessa técnica no dia a dia para trabalhar em atividades de marketing novas e diferentes.

Ao fazer isso, tornam possível ver um problema de novos ângulos e encontrar soluções que não seriam aparentes de outro jeito.

9. Têm vontade de agir como maiores defensores do cliente

O trabalho de alguém em marketing não é vender produtos ou serviços. No lugar disso, CMOs colocam o maior ativo da companhia – a experiência – para trabalhar.

Assim como um CFO observa os relatórios financeiros e o CSO protege os ativos da empresa, o papel do CMO é proteger e melhorar a experiência do cliente.

Isso exige uma visão voltada para o futuro, uma compreensão dos fundamentos de design thinking e uma vontade de ser destemido ao representar a voz do cliente entre os executivos C-level.

Levando em conta o ritmo veloz das mudanças no mundo de marketing, os traços necessários para ter sucesso estão evoluindo continuamente.

Artigo originalmente publicado no LinkedIn.

Baixe o ebook: O Guia Definitivo Para Iniciar Sua Carreira Em Marketing

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo