Um Projeto: Fundação Estudar

Empresa alemã oferece 15 mil bolsas em cursos online de tecnologia

Por Suria Barbosa

A Bertelsmann, companhia de mídia, serviços e educação, se juntou à plataforma de ensino online Udacity para oferecer globalmente 15 mil bolsas em cursos de Cloud, Data e Inteligência Artificial.

Empresa de mídia, serviços e educação alemã que atua em mais de 50 países, a Bertelsmann se uniu à plataforma de ensino online Udacity para oferecer globalmente 15 mil bolsas de estudos de cursos de tecnologia. O foco são cursos da Udacity de habilidades digitais que crescerão em importância para o mercado de trabalho do futuro: Cloud, Data e Inteligência Artificial.

A iniciativa é voltada tanto para iniciantes, quanto experientes. No entanto, é recomendado ter conhecimentos básicos em informática para participar. Para participar, é preciso ter interesse em um dos temas, e mais de 18 anos. As inscrições estão abertas até 6 de novembro e podem ser realizadas pelo site.

Como funciona o programa de bolsas em tecnologia da Bertelsmann

Para serem aceitos, os candidatos devem focar em uma das três áreas de conhecimento:

Cursos da Fundação Estudar
  • Cloud: aplicações em torno de infra-estruturas de TI baseadas na Internet
  • Data: aplicações em torno da análise e interpretação de dados
  • Inteligência artificial: aplicações em torno de aprendizagem automática e algoritmos inteligentes

As bolsas são a primeira de duas etapas de uma iniciativa global da Bertelsmann. Quando as candidaturas fecharem, em 6 de novembro, 15 mil pessoas serão selecionadas para o Schollarship Challenge: formação de três meses e meio em um dos temas contemplados. Dependendo do conhecimento pré-existente, os participantes ter de se dedicar entre três e cinco horas por semana aos estudos.

Na segunda fase, os melhores alunos ganharão bolsa completa de um curso nanodegree – formação online, compacta e especializada, criada em conjunto com grandes empresas do Vale do Silício, como Google, Facebook e AT&T, e com certificado – em uma das áreas: Cloud DevOps Engineer, Data Analyst ou Deep Learning.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo