Um Projeto: Fundação Estudar
corredor de universidade

As 10 melhores universidades da América Latina

Por Rafael Carvalho

Brasil domina o ranking de melhores universidades da América do Sul segundo relatório do Times Higher Education. USP continua no topo; confira as outras universidades brasileiras classificadas

O Brasil segue no topo da elite acadêmica da América Latina, segundo a mais nova edição do ranking de universidades mais prestigiadas da região da revista Times Higher Education.

Cinco das 10 instituições mais admiradas são do país. USP (Universidade de São Paulo), Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) ocupam, respectivamente, o 1º, o 3º e o 5º lugares. A Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) também estão no ranking.

Apesar da predominância brasileira, ainda aparecem universidades de outros quatro países latino-americanos. Para Phil Baty, editor da Times Higher Education, a diversidade é positiva.

“Instituições do Brasil, México, Argentina, Chile e Colômbia estão todas entre as líderes do continente”, diz ele em nota. “É uma competição saudável entre as instiuições mais representativas desses países, o que pode elevar a qualidade tanto localmente quanto na região como um todo”.

Quer seguir carreira corporativa? Conheça a Conferência Ene e fique cara a cara com a empresa dos seus sonhos!

Para elaborar a lista, a Times Higher Education consultou mais de 10 mil personalidades do mundo acadêmico em 133 países. A seguir, veja em ordem as dez melhores universidades da América Latina:

1. Universidade de São Paulo (USP)

2. Universidade Nacional Autônoma do México

3. Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

4. Universidade de Buenos Aires

5. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

6. Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)

7. Universidade do Chile

8. Pontifícia Universidade Católica do Chile

9. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

10. Universidade Nacional da Colômbia

 

Este artigo foi originalmente publicado em EXAME.com

 

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo