Um Projeto: Fundação Estudar
verdadeiro ou falso

6 mitos sobre carreira que atrapalham os jovens

Por Rafael Carvalho

Americano especializado em recursos humanos para grandes empresas elenca o que aprendeu ao longo dos anos; é possível mudar totalmente de carreira e aprender a criar uma boa primeira impressão, diz ele

O americano Dave Popple é formado em ciências políticas e fez sua carreira com o Psynet Group, uma empresa especialista em recursos humanos e psicologia corporativa. É também sócio-fundador do facticiti.com, startup focada em auxiliar o jovem a escolher sua trajetória profissional. 

Conheça o Catálise, programa de autoconhecimento do Na Prática para uma carreira de propósito

Baseando-se no que viu ao longo da carreira, Dave elencou seis grandes mitos que jovens fariam bem em desvendar se buscam uma vida com propósito. A palestra fez parte da 1ª Semana Nacional de Carreira Jovem, um evento gratuito e online com a participação de diversos profissionais, como recrutadores, coaches e especialistas em recursos humanos.

1. O outros sempre têm um plano e sabem o que estão fazendo
Até mesmo o maior executivo do mundo em alguns momentos não sabe o que está fazendo. As pessoas bem-sucedidas planejam, mas entendem que o plano pode não funcionar exatamente daquele jeito. Mas têm a autoconfiança necessária para acreditar que mesmo nessa hora, é possível mudar de direção e ter sucesso.

2. A carreira que você escolher aos 20 é sua carreira de vida inteira
A carreira que você escolhe no começo da vida profissional é muito menos importante que as lições que você tira dessas oportunidades.

3. Sua escolha de carreira deve ser determinada por sua personalidade
Tentamos colocar as pessoas em caixas de acordo com suas personalidade – porque você é extrovertido, introvertido, aberto ou tem inteligência emocional, por exemplo, deve saber fazer essas coisas –, mas isso não funciona. Você deve achar algo que te permite fazer as coisas que você gosta diariamente, que combine seus valores e suas paixões. Se isso tiver um impacto nas necessidades do mundo, é um bônus.

4. Tudo é uma competição (e vale dinheiro)
É raro que alguém levante de manhã e queira fazer dinheiro. Geralmente, essas pessoas são apaixonadas por algo e essa paixão se traduz em lucro. Se seu foco é simplesmente fazer dinheiro, não só você vai se desapontar como vai ser difícil encontrar pessoas bem-sucedidas que pensam do mesmo jeito.

5. As empresas contratam pessoas com base em dados e razão
Meu trabalho é levar um pouco de decisão com base em dados para as empresas. As pessoas verão seu currículo e, um dia, te chamarão para uma entrevista. Quando te encontrarem, decidirão rapidamente se gostam ou não de você – e isso se tornará um fator cada vez mais importante. Parte da decisão será irracional, então use isso a seu favor: olhe as pessoas nos olhos, sorria primeiro, fale o que sabe e admita o que não sabe.

6. Minha performance será previsível 
Uma performance pode ser muito consistente, mas às vezes há falhas. A carreira vai pelo mesmo caminho. Em algum momento, você vai ter um dia ruim no dia errado – para algumas pessoas, isso pode acontecer numa entrevista ou numa avaliação. Mas não pense demais sobre isso: foi uma falha. Quando uma entrevista perfeita não for bem, recupere-se. Saiba que você trabalhou duro, mas houve uma falha. Não seja tão duro consigo mesmo.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo