Um Projeto: Fundação Estudar
renata moraes empreendedora do impulso beta

3 soluções para a desigualdade de gênero no mercado de trabalho brasileiro

Por Redação, do Na Prática

Renata Moraes, fundadora da startup Impulso Beta, analisa a situação desigual no país e oferece três ideias para transformar esse cenário

Em 2014, quando estava terminando seu MBA no Insper, Renata Moraes teve a ideia de criar uma startup para promover a liderança feminina pelo país.

Três anos depois, a Impulso Beta já ajudou quase duas mil mulheres, ofereceu mais de 500 horas de palestras e programas e treinou 22 organizações brasileiras em relação aos benefícios trazidos pela igualdade de gênero.

Em março, mês que o Na Prática dedicou ao tema com a campanha #MulheresNaPrática, Renata traz dados e três soluções para ajudar a transformar o cenário brasileiro, que ainda é extremamente desigual: basta lembrar que apenas 11% dos CEOs no Brasil são mulheres, por exemplo.

Dentro desse desequilíbrio, diz Renata, “elas não conseguem exercer seu pleno potencial e a empresa não consegue usufruir desse talento feminino para gerar mais negócios”.

Entre protagonismo feminino, mudanças no pensamento corporativo e criação de políticas públicas, ela destaca a importância da sociedade civil e das atitudes individuais. Assista ao vídeo abaixo:

 

Dica do Na Prática:

Autoconhecimento é fundamental para você embasar as suas decisões de vida e carreira. É por meio  dele que você vai responder dúvidas que podem estar na sua cabeça, como: “O que te traz felicidade genuína?”, “O que dá significado para sua vida?”, “Qual carreira faz mais sentido para mim?”. Foi pensando nesse seu momento que a Fundação Estudar criou o Autoconhecimento Na Prática, um curso de três dias que vai ajudá-lo a desvendar o seu verdadeiro Eu e a guiar com mais segurança suas escolhas profissionais e de vida. Inscreva-se agora com 10% de desconto usando o cupom AUTO10. É só clicar aqui!

 

Banner fim de artigo mulheres

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo