Um Projeto: Fundação Estudar

Não sabe que habilidades desenvolver para avançar na carreira? Este gerente da Kraft Heinz tem uma dica!

Por Ana Pinho

Perguntar é o mais importante, explica Raphael Bozza, gerente de gente & performance da Kraft Heinz no Brasil; empresa está com inscrições abertas para seu programa de estágio até 13/5

Muito se lê sobre skills atualmente em alta no mercado, mas são tantas as opções – melhor estudar práticas de Excel, análise estatística, programação, SEO, negociação de contratos? – que fica difícil saber por onde começar. Afinal, que habilidades desenvolver para avançar na carreira?

Para encontrar um norte, há uma solução prática: pergunte a quem sabe. O conselho é de Raphael Bozza, gerente de gente e performance da Kraft Heinz no Brasil: “O mais importante é criar um momento com seu gestor. Chame-o para fazer feedback com você, te direcionar – e faça as perguntas”.

Na própria Kraft Heinz – que está com inscrições abertas para seu programa de estágio até 13/5 –, esse tipo de feedback está marcado no calendário. De três em três meses, o profissional é avaliado por seu gestor e ambos conversam sobre resultados, desenvolvimento e carreira, incluindo as lacunas que precisam ser preenchidas para que o funcionário melhore sua performance e seja promovido.

“Seja para o estagiário ou para o presidente da companhia, o feedback é a ferramenta mais importante”, afirma. E embora precise da transparência e continuidade para ser eficaz, o feedback não precisa vir apenas de superiores diretos.

Leia também: Qual a melhor forma de dar e receber feedbacks?

“Se você tiver uma conversa franca com as pessoas com quem interage e pedir um feedback construtivo e genuíno, sem encará-lo como algo negativo, dificilmente vai ouvir um ‘não’”, garante Raphael. “Perder a vergonha de perguntar o que você está fazendo bem e o que pode fazer melhor ajuda muito.”

Envolver os outros na hora da autoavaliação é especialmente útil para evitar pontos cegos e descontar vieses emocionais, como autoestima em alta ou em baixa, e assim construir um quadro mais realista da situação. 


Inspire-se

Dúvidas relacionadas à ascensão na carreira são frequentes no escritório de Raphael na Kraft Heinz, e ele percebe bastante ansiedade entre os jovens profissionais.

“É preciso entender que seu crescimento deve ser consistente. Muitas vezes, o melhor cenário é entregar resultados, fechar as lacunas básicas e aí sim buscar seu gestor para crescer. O passo a passo é importante.”

Para quem está ansioso demais e quer saber agora mesmo quais habilidades aceleram o crescimento profissional, Raphael diz que ter uma boa gestão de tempo, estar atento às novidades e ter capacidade de raciocínio lógico e de aprendizado são um bom começo. “Mostre que você é multiespecialista e não só um especialista, que se preocupa com liderança desde o início”, aconselha.

Para quem não tem um gestor ou prefere ampliar seus horizontes, ele indica uma avaliação de seus próprios modelos profissionais. “Faça uma autocrítica a cada três meses, veja quais são as qualidades que lhe chamam a atenção em uma ou três pessoas que você admira e pense: ‘O que preciso fazer para fazer isso bem também?’ Gente boa acaba atraindo gente boa, então espelhe-se em ótimos profissionais.”

Leia também: O que pensa Pedro Drevon, CEO da Kraft Heinz no Brasil

Programa de estágio da Kraft Heinz

Universitários interessados na Kraft Heinz no Brasil podem se inscrever até 13 de maio no programa de estágio da companhia, que selecionará jovens para trabalhar em Barueri (SP) e em Nerópolis (GO), onde fica sua sede fabril. O programa tem duração mínima de seis meses e começa em julho de 2017. Podem se inscrever graduandos de todas as áreas e de qualquer período.

A empresa, que surgiu da fusão recente entre a Kraft e a Heinz, tornou-se depois da operação uma das cinco maiores empresas de alimento do mundo e está hoje, a nível global, sob o comando de brasileiros – sejam os empresários por trás do fundo 3G Capital (criado por Jorge Paulo Lemann, Beto Sicupira e Marcel Telles) ou o CEO, Bernardo Hees.

“Queremos pessoas que sonham grande e que tenham muita vontade de aprender”, finaliza Raphael. “Valorizamos jovens com atitude, visão de dono e que sejam focados em entregar resultado, sempre pensando em inovação e qualidade.”

Inscreva-se no curso por e-mail: O que ninguém te ensina na hora de fazer um currículo excelente

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo