Um Projeto: Fundação Estudar
Homem segurando placa escrito verdade

Movimento CHOICE: um mergulho no mundo dos negócios sociais

Por Cecília Araújo

Conheça a organização que inspira milhares de universitários por todo o Brasil

Você quer causar um impacto positivo na sociedade? Encontrar soluções viáveis e financeiramente rentáveis para resolver questões sociais ou ambientais? Trabalhar em negócios que transformem o Brasil? Então saiba que pode começar a se capacitar durante a faculdade.

O Movimento CHOICE, realizado pela Artemísia, oferece oportunidades para jovens universitários que querem aprender mais e se conectar com o campo dos negócios de impacto social. “Por meio de palestras e workshops práticos, esses jovens podem conhecer e se inspirar em casos reais de negócios de impacto social e até sair com suas próprias ideias”, conta o coordenador de Educação da Artemísia, Felipe Alves.

Todas as atividades realizadas no Movimento são organizadas pelo Embaixadores CHOICE, definidos por Felipe como “jovens com brilho nos olhos, inconformados com a realidade atual e apaixonados por negócios de impacto social”. Esses universitários passam por uma formação de liderança transformadora que os desafia a disseminar o conceito de negócios sociais por todo o Brasil. “Cada edição do programa dura um semestre letivo da faculdade. Nesse período, os jovens participam de uma formação presencial de três dias, aprendendo mais sobre empreendedorismo, pobreza, liderança e facilitação”, explica.

De volta à sua realidade local, os Embaixadores recebem desafios para complementar o aprendizado e cada um deles tem como objetivo final realizar palestras e workshops sobre negócios de impacto social, colocando tudo o que aprenderam em prática, disseminando o assunto e inspirando mais universitários.

Leia também: “No CHOICE, vi que é possível trabalhar com o que amo e sobreviver disso”

Relevância e desenvolvimento do movimento Choice

Segundo Felipe, em três anos e meio, foram mais de 600 Embaixadores CHOICE formados em 19 estados. Juntos, eles já mobilizaram mais de 60 mil jovens de todo o país por meio de palestras e workshops: “Além de muito conhecimento teórico e prático sobre negócios de impacto social, os participantes desenvolvem habilidades como liderança, autoconfiança, empatia, oratória, resiliência, trabalho em equipe e empreendedorismo”, comenta.

Além desse desenvolvimento que é mensurado por meio de avaliações, Felipe também acredita no impacto intangível causado pelo Programa: “Ele está relacionado ao empoderamento das pessoas que participam e também à ampliação de oportunidades de fazer novas escolhas. As pessoas saem dos workshops com a cabeça a mil e mudanças acontecem a partir dali.”

O estudante de Direito da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Celso Santos, participou da formação da primeira turma de Embaixadores CHOICE, em junho de 2011: “Vi na descrição do programa uma possibilidade de conhecer pessoas que tinham valores e objetivos parecidos com os meus e decidi participar. A experiência excedeu todas as minhas expectativas”, conta ele.

Entre as habilidades que desenvolveu com a experiência, Celso destaca o crescimento significativo do seu conhecimento sobre negócios sociais, além do aumento da sua capacidade enquanto articulador de redes, já que a participação no programa envolve contato com públicos e parceiros diversos e a realização de tarefas muito distintas.

Leia também: Confira as oportunidades de trabalho na Artemísia

Empreendedorismo social

Muitas portas se abrem para os universitários que se envolvem com o Movimento CHOICE. Ao entender como funciona o mundo dos negócios sociais, se conectar com outras pessoas e entrar em contato com um conteúdo inspirador, muitos acabam mergulhando de cabeça na área: “Alguns dos Embaixadores já começaram a empreender e estão trabalhando em seus negócios, muitos na área de Educação”, afirma.

“Como exemplo, temos a Marilia, empreendedora da Colibri – que muda a vida de artesãs em comunidades de Porto Alegre –, além do Daniel e do Fernando, da Quiron – que oferece uma educação diferenciada e empreendedora para jovens do Ensino Médio. Sabemos de diversos outros que estão começando, e isso nos deixa muito animados por aqui.”

Assim como Felipe, Celso também acredita que o empreendedorismo social tem ganhado espaço no Brasil: “Quando o CHOICE começou, com 50 jovens, pouca gente sabia o que era um negócio social ou sequer acreditava que era possível ganhar dinheiro e construir uma carreira a partir de uma ideia de transformação social. Hoje, quase não vejo mais essa mentalidade nas pessoas com quem converso: acho que elas entenderam que é possível conciliar rentabilidade e impacto social, e estão buscando meios de colocar em prática o que acreditam”, diz.

Leia também: Que tipo de empreendedor você é? Faça o teste!

Esta reportagem faz parte de uma série que o Na Prática organizou para ajudá-lo a conhecer diversas formas de aproveitar o período da faculdade ao máximo. Para conferir o especial completo, baixe o PDF abaixo:

Botão Especial

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo