Um Projeto: Fundação Estudar

Especialista dá dicas para estimular a mente e desenvolver o processo criativo

Por Redação, do Na Prática

Confira hábitos e atitudes que ajudam a potencializar a criatividade e a inovação no trabalho, em qualquer momento da carreira

De onde nascem as boas ideias? Segundo Emerson Weslei Dias, coach e consultor de carreira, elas podem vir de qualquer lugar e, muitas vezes, de onde menos se espera. “Dificilmente aparecem “do nada”, pois são resultados de várias conexões. A criatividade é um processo decriação diária e um exercício ao alcance de todos”, afirma. Emerson é ex-executivo de multinacionais e já tem três livros publicados, entre os quais O inédito viável, sobre liderança.

Ele  explica que ser criativo é uma competência que nos move a pensar soluções, resolver problemas, criar alternativas, percorrer caminhos diferentes, produzir novos projetos. “No campo profissional, essa habilidade pode representar o diferencial que nos conduz ao sucesso”, ressalta. No entanto, não existe uma receita pronta que faz com que tenhamos ideias criativas no momento em que queremos. Mas, a boa notícia é que a criatividade pode ser encarada como se fosse uma espécie de músculo. Ou seja, quanto mais exercitamos, mais ela pode ser desenvolvida.

emerson coach
Emerson Dias, coach e consultor de carreiras

Também vale lembrar que de nada adianta ter boas ideias se não colocá-las em prática. Por isso, o planejamento é um passo importante entre ter a ideia e torná-la realidade.”Criatividade com planejamento é inovação, sem planejamento é improviso!”, lembra o especialista.

Leia também: Demonstrar criatividade também pode aumentar salários

A seguir, Emerson lista algumas dicas que podem ajudar no desenvolvimento da criatividade:

1. Deixe a mente limpa

Já reparou que quando você se esforça para ter boas ideias, dificilmente consegue? Isso acontece porque elas surgem de forma livre e espontânea, muitas vezes em momentos inesperados. Por isso, o descanso é muito importante para repor as energias e para que a renovação de baterias do cérebro nos permita analisar alternativas e novas perspectivas.

2. Fuja da rotina

Por conta da correria do dia a dia é comum as pessoas fazerem algumas tarefas no “piloto automático”. No entanto, quebrar a rotina pode ser uma ótima forma de estimular o cérebro. Faça novas rotas para chegar ao trabalho, vá almoçar em um restaurante novo…

3. Registre seus sonhos

Todos os dias, logo ao acordar, coloque no papel tudo o que povoou a sua mente durante o sono. Muita gente tem o hábito de, ainda na cama, verificar as redes sociais. Dessa forma, em vez de preparar sua mente para mais um dia de trabalho você corre o risco de dispersar sua criatividade. Além dos sonhos, anote tudo o que você pensar durante o dia, mesmo se julgar que determinado ponto não tem tanta importância. Ao analisar todos os dados juntos ao final do dia, você pode ter a criatividade despertada e conseguir construir algo novo.

4. Conheça novas pessoas

É muito importante estar em contato com pessoas que compartilham dos seus interesses e também com aquelas que pensam diferente de você. Muitas vezes, através de uma conversa informal pode surgir uma boa ideia, novos projetos e até uma parceria.

5. Desafie-se

Sair da zona de conforto é fundamental para desenvolver criatividade. Faça sua mente transitar por diferentes padrões, exerça uma atividade que não seja fácil pra você. Tente algo diferente que ao mesmo tempo seja um estímulo e um desafio Alguns exemplos: aprenda um novo idioma, toque um instrumento, comece um curso novo…

6. Inspire-se

A inspiração não tem hora nem local exato para aparecer. Ela pode vir através de filmes, livros, músicas, viagens, conversa com amigos…

Baixe o Ebook: Por que e como inovar em 2017

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo