Capa de Rápido e Devagar: Duas Formas de Pensar

Ganhador do Nobel de Economia, o psicólogo Daniel Kahneman é um dos mais famosos pensadores do século 21. Neste bestseller internacional, é possível aprender de maneira didática a maneira que usamos nossos cérebros, que se dividem em dois sistemas.

Quer desenvolver habilidades únicas de Liderança?

A gente tem o curso que te ensina a Liderar com os melhores!

O Sistema 1 é rápido, intuitivo e emocional. O Sistema 2 é mais lento, mais lógico e deliberativo. Ambos moldam nossos julgamentos e decisões e saber onde fica seu viés mental pode influenciar tudo em sua vida: sua felicidade, suas decisões no mercado de ações ou sua jogada de xadrez.

E enquanto ambos em conjunto trabalham muito bem para que os seres humanos funcionem no mundo, há sérios problemas a serem enfrentados. Kahneman explica que o principal deles é o fato de que Sistema 1 toma o lugar do colega quando não deveria e nos leva a confiar na intuição, que por sua vez nos leva às respostas e conclusões erradas, quando deveríamos pensar de outro jeito.

Ao longo do livro, o professor apresenta técnicas para pensarmos mais devagar e nos confronta com preconceitos e outros tipos de processos simplificadores que sendo prejudiciais, tanto pessoal quanto profissionalmente. Psicologia, percepção, irracionalidade, neurociência, estatística e economia comportamental são alguns dos temas tratados nas páginas. Ao final, o leitor pensa de maneira mais esclarecida – e devagar.

“O jeito de bloquear erros originados pelo Sistema 1 é simples, em princípio: reconheça os sinais de que você está num campo minado cognitivo, diminua a velocidade e peça auxílio ao Sistema 2”, resume o autor. O que falta é reconhecer o campo em questão.

“Rápido e devagar: Duas formas de pensar” está disponível em português

Os melhores conteúdos para impulsionar seu desenvolvimento pessoal e na carreira.

Junte-se a mais de 1 milhão de jovens!
Casdastro realizado, fique ligado para os conteúdos exclusivos!
Seu cadastro não foi realizado, tente novamente!

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: