Um Projeto: Fundação Estudar
produtividade financeira

5 ferramentas de produtividade financeira

Por Suria Barbosa

Quer guardar dinheiro para realizar um sonho? Ou ter gastos mais conscientes? Tudo isso está ligado à sua capacidade de produtividade financeira. Das tecnológicas às tradicionais, estas cinco ferramentas podem te ajudar!

Produtividade financeira é um termo que diz respeito ao nível de eficiência com que alguém gere seus recursos financeiros – algo que está bastante ligado ao atingimento de objetivos que requerem certa quantia de dinheiro, por exemplo.

Quem tem essa preocupação pode se apoiar em diversas ferramentas existentes, das mais sofisticadas e tecnológicas às tradicionais. Não tem certo e errado, apenas o que funciona melhor para você. Confira nossas sugestões!

5 ferramentas que melhoram a sua produtividade financeira

#1 GuiaBolso

O GuiaBolso é um aplicativo de finanças voltado, principalmente, para a gestão financeira pessoal. Quando o usuário autoriza, ele se conecta com a conta bancária e atualiza automaticamente o quanto entra (crédito) e o quanto sai (débito). Mas suas funcionalidades não param por aí: ele permite categorizar despesas, criar metas de gastos e de dinheiro guardado e acompanhar, com gráficos simples, o destino dos ganhos.

#2 Dinheirama

Através de análises do extrato bancário, o aplicativo Dinheirama oferece funções de organização financeiras parecidas com as do GuiaBolso. A diferença entre os dois, no entanto, pode ser uma vantagem para quem não quer conectar sua conta bancária a um aplicativo. Isso porque no Dinheirama basta importar o documento para o aplicativo para que ele processe os dados, atualize sua planilha e apresente gráficos e relatórios sobre suas tendências financeiras.

#3 Mint

A última das plataformas digitais sugeridas para impulsionar sua produtividade financeira é o Mint. Em inglês, o Mint é um dos gerenciadores financeiros bem popular pelo mundo. Não só oferece análise personalizada de acordo com os hábitos financeiros e estilo de vida dos usuários, também integra contas e cartão de crédito. Dependendo de quanta informação é liberada, ele promove uma avaliação bastante detalhada sobre o patrimônio líquido. Outro de seus trunfos é notificar, via celular, sobre movimentações inusuais na conta-corrente.

Seja eficiente em todas as áreas da sua vida com o curso online Produtividade Na Prática!

#4 Fluxo de caixa

Se envolver a tecnologia nos seus esforços para uma melhor produtividade financeira não parece o ideal, com um lápis e um caderno, pode criar seu fluxo de caixa. Ou seja, registrar todas as entradas e saídas de dinheiro ao longo de um período de tempo determinado, como mês a mês. Com esses dados, você consegue controlar o dinheiro disponível, garante o pagamento das contas e até consegue se organizar para guardar uma quantia por mês.

#5 Planilha de organização

Por fim, as tradicionais planilhas de organização também são grandes aliadas na hora de controlar as finanças. Para isso, o Excel é um programa que funciona muito bem. Porém, programas que aliam armazenamento em nuvem, como as Planilhas Google integradas com o Google Drive, podem oferecer mais segurança. Utilize-as para fluxo de caixa simples, com datas, entradas e saídas, ou torne o registro mais detalhado com classificação dos gastos e objetivos financeiros.

 

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo