Um Projeto: Fundação Estudar

Letramento digital: o que é e quais são as ferramentas eletrônicas mais relevantes hoje

Por Suria Barbosa

Embora o termo possa não ser conhecido, o letramento digital é uma necessidade próxima de todas as pessoas no dia a dia do mundo atual. Entenda o conceito!

Você já ouviu falar em letramento digital? O termo diz respeito às múltiplas competências ligadas à leitura das informações disponibilizadas em mídias digitais. “Não se resume a saber ler e escrever em dispositivos eletrônicos, é saber analisar criticamente o que está sendo apresentado ao leitor no mundo virtual, é diagnosticar quais são essas linguagens que estão sendo publicadas e como consumir da melhor maneira”, explica Luiza Zaramela, diretora pedagógica da Vereda, escola-modelo focada na formação de cidadãos globais.

Em um contexto em que o repertório de informações é quase ilimitado, a importância de desenvolver tal criticidade em relação ao que se veicula por meios eletrônicos é muito grande.”É fundamental termos um pensamento crítico para acessar o repertório e [sabermos] como acessá-lo.” Além disso, à medida em que os processos se digitalizam nas organizações, o letramento digital torna-se um pré-requisito frequente.

Leia também: 8 livros sobre tecnologia (para quem quer entender as principais tendências!)

O que é preciso saber

“Para conseguirmos consumir tudo que é oferecido, é importante fazermos a reflexão também da praticidade, da cautela e da real necessidade de usar determinadas aplicações/ferramenta”, destaca a diretora da Vereda.

Cursos da Fundação Estudar

Segundo ela, as ferramentas mais utilizadas no mercado de trabalho atualmente, cujo conhecimento é indispensável para todos os profissionais, são:

  • e-mails
  • aplicações de chats (WhatsApp, Teams, Telegram, entre outros)
  • de registro e armazenamento de dados/informações (word, planner, keynote, numbers),
  • aplicativos de mobilidade
  • aplicativos financeiros
  • aplicativos de gestão

“Diferente do passado, hoje as ferramentas em sua grande maioria são autodidatas, há uma facilidade no processo da usabilidade por parte dos usuários. De toda forma,
também recorremos muito em sites como o Youtube, Google, pois são ótimas opções de busca para aprendizagem.”

Como quase tudo que se busca aprender, a prática é o ideal para desenvolver tais conhecimentos que caracterizam o letramento digital. “É preciso estabelecer contatos, experienciar as diversas formas e usar com cautela o que está sendo consumido”, conclui Luiza.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo