Um Projeto: Fundação Estudar
dois jovens conversando em ambiente descrontraído

Comunicação interpessoal: dicas para melhorar suas relações corporativas

Por Endeavor

A comunicação interpessoal de qualidade entre aqueles que fazem parte de uma mesma equipe é determinante para o bom andamento da carreira e da empresa

Entre os assuntos sobre gestão abordados no portal da Endeavor, você já deve ter percebido que a comunicação sempre aparece.

Da comunicação com a base da pirâmide dos consumidores à nova gestão da comunicação, passando por dicas para eliminar ruídos na comunicação e até mesmo para controlar o tom de voz ao realizar apresentações, o assunto nunca sai de pauta por aqui.

E agora vamos falar sobre um tipo de comunicação essencial para o bom andamento de sua gestão: a comunicação interpessoal.

À primeira vista, a expressão pode parecer um tanto redundante. Afinal, se há comunicação entre duas pessoas, esta comunicação é necessariamente interpessoal.

Mas aqui abordaremos a questão no ambiente estritamente corporativo. No que toca à gestão, a comunicação interpessoal de qualidade entre aqueles que fazem parte da empresa é determinante para o bom andamento das operações.

Afinal, quando estamos exercendo nossas atividades diárias, estamos sempre comunicando algo.

Claro que existem aqueles que demonstram mais facilidade em estabelecer a comunicação interpessoal com outros; da mesma forma que há quem considere tal prática irrelevante. Curiosamente, porém, estes são os que costumam reclamar que são “eternos incompreendidos…”.

E é para que você seja sempre entendido que separamos dez dicas para aprimorar a comunicação interpessoal — seja a sua com funcionários, ou mesmo entre eles mesmos. Aqui vão elas:

1. Procure trocar algo além de palavras

Estabelecer a verdadeira comunicação interpessoal não significa apenas trocar mensagens verbais com outras pessoas. Vai muito além disso.

O ideal é que, a partir do momento em que você estabelece a troca de informações, procure exercer a empatia, ou seja, a capacidade de se colocar no lugar da outra pessoa.

Assim, você conseguirá conhecer fatos culturais que, talvez, você jamais chegue a vivenciar.

2. Busque aprender com seus interlocutores

Se você está aberto para se comunicar, consegue preparar o campo para receber aprendizados.

E é importante lembrar que o processo de aprendizagem é bilateral: quando os indivíduos aceitam de fato a comunicação interpessoal, a troca de ideias e experiências, bem como a riqueza de informações, tornam-se muito mais relevantes.

3. Coloque velhos paradigmas em perspectiva

Ao longo de nossa vida, é absolutamente normal que paradigmas vão se formando e se endurecendo.

Porém, ao adotar de verdade os princípios da comunicação interpessoal, você se torna mais suscetível a quebrá-los, ou a renová-los.

Não se trata de afirmar que fulano ou sicrano tenham razão sobre determinado assunto, mas sim de estimular a mudança, a evolução, a descoberta de novos caminhos que podem levar você e sua empresa a horizontes jamais pensados.

Leia também: 3 perguntas para incluir motivação em sua rotina matinal

4. Estimule o compartilhamento

A inibição é uma característica normal de muitas pessoas. Porém, quando se trata de compartilhar ideias ou conhecimento em um ambiente corporativo, ela pode ser prejudicial.

Por conta da inibição, milhares de profissionais que deixam de apresentar suas ideias, de defender seus posicionamentos em reuniões e, enfim, de mostrar o quanto podem ser valiosos à empresa.

Por isso, é muito importante que você crie o ambiente favorável a este compartilhamento. Quem exercita a comunicação interpessoal ganha mais confiança e se sente mais seguro, uma vez que perceber que falar faz parte do contexto social em que está inserido.

5. Incentive o networking 

Por networking, não nos referimos a sair correndo, falando “pelos cotovelos”; mas, sim, à prática da comunicação interpessoal que é um dos caminhos para ampliar a rede de relacionamentos.

Na verdade, se você adotar as sugestões que demos até aqui, é bem provável que realizar networking se torne uma atividade bem mais fácil.

6. O corpo fala, então fique atento ao gestual

A comunicação interpessoal não é assinalada apenas através das palavras, mas também da entonação da voz e dos gestos que você articula enquanto conversa com alguém.

Ou seja, trata-se de um conjunto de fatores que, para quem é atento, demonstra todo tipo de sentimento: alegria, contrariedade etc. E isso facilita muito a comunicação.

7. Utilize a comunicação interpessoal para resolver conflitos

As práticas de comunicação interpessoal são poderosas aliadas na resolução – e até mesmo na prevenção dos conflitos organizacionais.

São inúmeros os casos de profissionais que criam situações conflituosas porque se negam a dedicar dez minutos do dia para trocar ideias, desfazer equívocos e chegar a um consenso.

Por isso, procure sempre estimular o diálogo entre seus funcionários. Atue como mediador, ouça as partes envolvidas e procure aproximá-las para que tudo se resolva com serenidade.

Leia também: 6 dicas para orimizar o networking em eventos de trabalho

8. Melhore o desempenho de sua equipe

Quando a comunicação interpessoal é valorizada e praticada no ambiente corporativo, as pessoas melhoram o desempenho porque passam a se conectar melhor na busca pela obtenção de resultados.

É inconcebível a ideia de uma equipe eficaz que tenha o silêncio como marca.

9. Promova o autoconhecimento

A comunicação interpessoal também serve de termômetro para que um profissional saiba como os outros o percebem. E isso se torna relevante principalmente para o desenvolvimento das competências comportamentais.

Então, ao promover as práticas de comunicação interpessoal, você abrirá caminhos para não apenas conhecer a si próprio, mas para entender como seus funcionários te veem.

Este artigo foi originalmente publicado em Endeavor

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo