Um Projeto: Fundação Estudar
...

liderança

A definição de liderança nunca foi estática e, no século 21, é mais importante, cotidiana e colaborativa do que nunca. Com os conteúdos sobre liderança exclusivos do Na Prática, descubra como se tornar um líder e fazer, de fato, a diferença – no seu contexto, na sua carreira e na sua vida. Hoje em dia, o líder é um agente de mudanças, capaz de impactar tanto sua própria realidade quanto a realidade dos outros através do protagonismo e da execução.

Pessoal e profissionalmente, liderança significa saber quem você é, o que quer e como traçar planos para atingir seus objetivos, o que exige autoconhecimento como base e ferramentas e conceitos (que explicamos ao longo desta matéria) que o ajudem a estruturar seus planos.

Ao se tornar um líder, você também ganha a capacidade de motivar a si mesmo, a chamada autoliderança, e a chance de moldar o futuro que quiser. É capaz de criar e seguir seu próprio direcionamento de carreira e colocar-se numa trilha profissional que lhe traga satisfação pessoal, gere resultados concretos e tenha impacto positivo em qualquer setor de atuação.

Um bom líder não se preocupa com seu status ou sua fama de liderança. Preocupa-se principalmente com o que pode criar, como pode melhorar seus resultados e a si mesmo, como pode motivar e inspirar as pessoas ao seu redor – e é uma prática diária.

O que está por trás do desenvolvimento de um líder – e do que é liderança, de fato – é, principalmente, sua maneira de pensar e ver o mundo e sua capacidade de executar e se responsabilizar por suas ações.

POSTS ANTERIORES

Homem e mulher discutindo projeto

Por que o fracasso é tão importante para o Google

Adriana Noreña, diretora da empresa na América Hispânica, explica a importância da liberdade de errar e por que acredita que o futuro do Google está nos países latino-americanos
Jovens ao lado da palavra ligas

Na Prática lança o Programa de Incubação de Ligas Universitárias 2015

Iniciativa da Fundação Estudar tem como objetivo incentivar e apoiar a criação de novos grupos de estudantes com interesses semelhantes e vontade de se desenvolver em uma trilha de carreira
executivo de braços cruzados

Quatro passos para virar seu próprio chefe (mesmo tendo um)

Você não precisa sentar na cadeira mais alta do escritório para ser o chefe - nem que seja só de si mesmo. Aprenda a gerir o trabalho por sua própria conta