Confira as Profissões do Futuro no blog Na Prática

Todos os dias, há um novo artigo ponderando o que esperar do futuro do trabalho na era da revolução tecnológica. As opiniões e hipóteses são variadas, mas costumam ter algo em comum: o mundo vai mudar e estar preparado fará toda a diferença.

Um relatório do Center for the Future of Work, estabelecido pela Cognizant Technology Solutions, é mais específico em suas apostas e traz 21 profissões do futuro. Há entre elas, por exemplo, diretor de portfólio genômico, Chief Trust Officer e curador de memórias pessoais.

Parece ficção científica, mas essas são previsões para a próxima década. Para tornar esse cenário mais palpável, aliás, os postos são apresentados como anúncios de emprego e incluem tarefas, responsabilidades e qualificações necessárias.

Leia também: 8 e-books gratuitos sobre carreira em tecnologia

A equipe da Cognizant, que é uma das maiores empresas de tecnologia de informação do mundo, se baseou em macrotendências atuais em diversas áreas. Como, por exemplo, meio-ambiente, migração, biotecnologia e demografia, para criar as possibilidades.

“O trabalho vai mudar no futuro, mas não vai sumir”, resumem os autores do relatório – que consideraram, mas não incluíram profissões como fazendeiro de carbono e engenheiro de impressão 3D.

21 (possíveis) profissões do futuro

 
 

Pensando nisso, reunimos quais são essas possíveis novas profissões do futuro e que nível de conhecimento tecnológico exigem abaixo. Quem sabe elas não atualizam as possibilidades das suas decisões de carreira?

1. Detetive de dados

O que este profissional do futuro faz

Investiga mistérios em Big Data. “O que nossos dados estão nos contando? Que segredos contêm?”, questionam os autores.

O que é preciso para esta profissão do futuro

Saber sobre finanças, matemática e data science, mas ser um cientista de dados não é necessário. Conhecimentos legais são uma vantagem.

2. Facilitador de TI

O que este profissional do futuro faz

Nesta profissão do futuro, a função é explorar tendências digitais e cria uma plataforma self-service automatizada para que usuários construam seus próprios ambientes colaborativos, incluindo assistentes virtuais.

O que é preciso

Ter formação em TI, ciências da computação, engenharia, ciências naturais ou administração de empresas. Habilidades de comunicação e liderança também são necessárias.

Estudo da McKinsey investiga o impacto da automação no futuro do mercado de trabalho

3. Oficial de ética de sourcing

O que este profissional do futuro faz

Investiga, acompanha, negocia acordos de bens e serviços para garantir que gastos indiretos da empresa (em energia, restos e relações sociais) estão alinhados com os padrões de ética de seus stakeholders.

O que é preciso

Ter experiência com ética em ambientes corporativos, habilidades interpessoais e de comunicação, capacidade de trabalhar em grupo. Conhecimentos de negócios, lei, gestão pública ou filosofia são diferenciais.

4. Gestor de desenvolvimento de negócios de inteligência artificial

O que este profissional do futuro faz

Na quarta das profissões do futuro, o profissional define, desenvolve e implementa programas eficazes para acelerar vendas e negócios de inteligência artificial (IA).

O que é preciso

Ter experiência com vendas e desenvolvimento de negócios em grandes organizações, além de experiência corporativa com plataformas de IA, machine learning e computação em nuvem.

Quer saber onde você se encaixa no mercado? Faça teste de vocação profissional!

5. Mestre de edge computing

O que este profissional do futuro faz

Cria, mantém e protege o ambiente de edge computing, ou computação na “borda” (trata-se do limite da rede de computação em nuvem, perto da fonte de dados).

O que é preciso

Doutorado na área ou em áreas relacionadas, experiência com segurança e protocolo de internet das coisas (IoT), entre outros assuntos. Capacidade de arquitetar e projetar ambientes de computação em nuvem ou edge computing.

6. Walker/Talker

O que este profissional do futuro faz

Profissional autônomo, como motoristas de Uber. Passa tempo com clientes idosos através de uma plataforma online para escutá-los e conversar com eles. “Sua principal tarefa como walker/talker é ‘prestar atenção'”, esclarece o anúncio.

O que é preciso

Qualquer background será considerado. É preciso ter mobilidade para visitar clientes em casa quando for necessário.

7. Conselheiro de compromisso de saúde

O que este profissional do futuro faz

Trabalha remotamente para oferecer coaching individual e conselhos de bem-estar e saúde para usuários de pulseiras inteligentes, que monitoram suas atividades e sinais físicos.

O que é preciso

Ter experiência com nutrição ou educação física e credenciais (obtidas em cursos online) em modalidades esportivas como CrossFit ou yoga. Saber lidar com ambientes culturalmente diversos também é necessário.

8. Técnico de saúde assistida por inteligência artificial

O que este profissional do futuro faz

Examina, diagnostica e administra tratamentos apropriados para pacientes, auxiliado por tecnologia e por médicos acessíveis de maneira remota.

O que é preciso

Ter formação em enfermagem ou similares e ter experiência anterior na área de saúde, além de habilidades interpessoais e capacidade de trabalhar sob pressão e com ferramentas digitais.

9. Analista de cybercidade

O que este profissional do futuro faz

Garante a segurança e funcionalidade da cidade ao garantir o fluxo saudável de dados (ambientais, populacionais, etc.) pelo sistema.

O que é preciso

Ter qualificações em engenharia digital, conhecimentos sobre circuitos eletrônicos e metodologias de startup enxuta e experiência com impressão 3-D. É preciso saber ler e interpretar dados em analytics.

3 conjuntos de habilidades que vão garantir que você não fique sem emprego no futuro

10. Diretor de portfólio genômico

O que este profissional do futuro faz

Cria e executa estratégias para um portfólio de produtos biotecnológicos.

O que é preciso

Ter graduação em campo relacionado à genômica (mestrado é uma vantagem). Experiência de pelo menos uma década e habilidades de comunicação, liderança e negociação, além de um perfil analítico, também são necessários.

11. Gerente de equipe humanos-máquinas

O que este profissional do futuro faz

Desenvolve um sistema de interação para que seres humanos e máquinas conversem melhor, o que aprimora essa equipe híbrida.

O que é preciso

Ter formação em psicologia ou neurociência e qualificação posterior em ciência da computação, engenharia ou recursos humanos. É preciso ter experiência em áreas relacionadas, como machine learning ou interação entre humanos e robôs. Experiência com UI/UX é um diferencial.

12. Coach de bem-estar financeiro

O que este profissional do futuro faz

Oferece sessões de coaching individuais para clientes que queiram compreender e monitorar suas atividades financeiras.

O que é preciso para esta profissão do futuro

Ter formação em finanças ou negócios, um bom ambiente para trabalhar de maneira remota, experiência com análise de métricas financeiras e conhecimentos sobre a indústria financeira.

13. Alfaiate digital

O que este profissional do futuro faz

Trabalha com clientes para obter medidas precisas (utilizando uma cabine especial) e garante que as peças caem bem.

O que é preciso

Ter experiência com moda, artes ou design de interiores, estar confortável com tecnologia e ter um bom tino comercial.

“O profissional do futuro é um resolvedor de problemas” – como desenvolver a habilidade de problem solving?

14. Chief Trust Officer

O que este profissional do futuro faz

Trabalha com equipes de relações públicas e finanças para construir relações de confiança no setor financeiro e encorajar transparência e responsabilidade no mercado de criptmoedas.

O que é preciso

Ter anos de experiência relevante (com criptomoedas, blockchain, bolsa de valores), mestrado na área, conhecimentos regulatórios e perfil analítico.

15. Analista de quantum machine learning

O que este profissional do futuro faz

Pesquisa e desenvolve soluções de ponta, que aumentam a velocidade e performance de algoritmos e sistemas, ao integrar as duas disciplinas.

O que é preciso

Ter um perfil criativo e uma pós-graduação na área, além de anos de experiência com machine learning, computação quântica ou data science.

STEM: como desenvolver os conhecimentos interdisciplinares cada vez mais valorizados pelo mercado

16. Guia de loja virtual

O que este profissional do futuro faz

Entrega atendimento ao cliente de maneira instantânea e virtual. O trabalho é remoto e utiliza realidade aumentada.

O que é preciso

Ter experiência com vendas, boas habilidades de comunicação, um bom ambiente de trabalho remoto.

17. Corretor de dados pessoais

O que este profissional do futuro faz

Monitora e comercializa dados pessoais de um cliente e busca maximizar os ganhos em bolsas de dados nacionais e internacionais.

O que é preciso

Ter perfil analítico, conhecimento do ambiente regulatório global, saber trabalhar sob pressão.

18. Curador de memórias pessoais

O que este profissional do futuro faz

Contata diversos stakeholders, imprensa e fontes históricas para recriar e arquitetar experiências passadas de clientes que perderam suas memórias. Utiliza realidade virtual.

O que é preciso

Ter perfil criativo e nível excepcional de inteligência emocional, ótimas habilidades de comunicação, empatia, capacidade narrativa e vontade de inovar.

19. Construtor de jornadas de realidade aumentada

O que este profissional do futuro faz

Nesta profissão do futuro, o profissional projeta, escreve, cria, calibra, gamifica, constroi e personaliza jornadas de realidade aumentada.

O que é preciso

Ter perfil criativo, anos de experiência com jogos competitivos multiplayer, familiaridade com tecnologias como Microsfot HoloLens e Facebook Oculus e com metaversos de conteúdo.

Entenda melhor as oportunidades de carreira na indústria 4.0

20. Controlador de estradas

O que este profissional do futuro faz

Monitora, regula, planeja e manipula espaços aéreos e estradas, programando plataformas automatizadas de IA usadas para gerenciar espaços de carros e drones autônomos.

O que é preciso

Aptidão para o trabalho é mais importante que qualificações ou experiências anteriores. É preciso ter habilidades de comunicação, tomada de decisão, organização e resolução de problemas. Saber trabalhar sob pressão também é essencial.

21. Oficial de diversidade genética

O que este profissional do futuro faz

Facilita a lucratividade e a produtividade da organização e, ao mesmo tempo, cria um ambiente de inclusão genética, operando de acordo com as leis e guias relacionados à força de trabalho geneticamente aprimorada.

O que é preciso ter

Na última das profissões do futuro, é necessário grau avançado de estudos em biologia ou genômica, anos de experiência com igualdade genética ou similares. Habilidades interpessoais, de gestão e de comunicação também são essenciais.

Está em dúvida sobre qual carreira seguir? Confira o nosso curso de Decisão de Carreira

O curso de Decisão de Carreira é perfeito para você que ainda não sabe qual profissão seguir ou então quer se realocar no mercado de trabalho mas não sabe para qual área ir.

No curso, você encontrará uma curadoria de conteúdos feita por especialistas da educação, que inclui materiais de Harvard e Stanford e exercícios com ferramentas práticas! Sem falar que você ainda vai receber um certificado de 6 horas emitido pela Fundação Estudar, tudo isso completamente de graça.

Não perca mais tempo e confira o curso de Decisão de Carreira. 

Competências e habilidades para profissões do futuro

De modo geral, é importante frisar que apesar de as profissões do futuro estarem ligadas a noções de sistemas e máquinas ultra tecnológicas, as habilidades emocionais são as que mais devem impactar nas contratação de agora em diante.

Ainda assim, será preciso que os profissionais tenham a competência de associar os avanços tecnológicos à experiência humana, como no caso de várias profissões listadas neste artigo. É preciso compreender que processos operacionais serão cada vez mais tocados por máquinas e que mesmo algumas tomadas de decisão serão passíveis de programação.

Investir em habilidades humanas, portanto, é a chave para se dar bem.

Não deixe de ler: 5 fatos sobre o mercado de trabalho do futuro

Os melhores conteúdos para impulsionar seu desenvolvimento pessoal e na carreira.

Junte-se a mais de 1 milhão de jovens!
Casdastro realizado, fique ligado para os conteúdos exclusivos!
Seu cadastro não foi realizado, tente novamente!

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: