Um Projeto: Fundação Estudar
Papel de Business Model Canvas na parede

Como utilizar o modelo canvas para elaborar seu negócio

Por Rafael Carvalho

Entenda como o modo de organização do canvas pode trazer mais clareza e objetividade para quem quer começar a empreender

O processo de estruturação do seu negócio não precisa ser longo e detalhado. Principalmente em startups, tudo passa por validação e muda tão rápido que um relatório tradicional nem sempre é a forma mais prática de modelagem. O ‘canvas’ é uma ferramenta bastante eficiente para ilustrar as características do seu modelo de negócios (business model). Ele permite o gerenciamento estratégico utilizado em negócios existentes ou que ainda estão no papel.

O ‘canvas’ é um mapa simples e visual, que aborda os principais aspectos que o empreendedor precisa considerar ao trazer sua empresa para a realidade do mercado. Ele deve conter um resumo dos pontos chaves de um bom planejamento. O ‘canvas’ não substitui totalmente o plano de negócios, mas é uma ferramenta mais fácil de ser utilizada no dia a dia e pode ajudar no ganho de competitividade, já que oferece agilidade ao processo e é flexível o suficiente para suportar alterações constantes.

Leia também: Você sabe o que é inovação disruptiva?

Criando o seu canvas

Seu modelo de negócios deverá possuir nove campos, que fazem parte de quatro pilares essenciais e insubstituíveis: infraestrutura, oferta, cliente e finanças. A infraestrutura diz respeito à avaliação dos recursos disponíveis para se chegar a um valor do produto para o cliente. A oferta se refere ao produto ou serviço oferecido ao consumidor e sua proposta de valor. O pilar de cliente é composto por público alvo, canais de contato com o consumidor (distribuição e marketing) e o relacionamento estabelecido durante e após a venda. As finanças abrangem os custos gerais e as fontes de receita da empresa.

A organização visual do ‘canvas’ já existe e o modelo pode ser baixado online no site do Business Model Generation (em inglês). Para que a equipe de uma empresa que deseja usá-lo possa discutir os aspectos de uma forma mais clara e tangível, recomenda-se a utilização de post-its no quadro impresso, que facilitam o preenchimento dos campos e sua alteração, quando necessário. Um ‘canvas’ preenchido visível a todos os colaboradores da empresa, como em um mural no escritório, permite uma visão completa do negócio e incentiva a reflexão sobre aspectos com espaço para melhorias.

Modelo Canvas [Steven Zwerink]

Instrumento de inovação

O Canvas é uma excelente ferramenta para a diferenciação do seu negócio no mercado. Tendo uma visão objetiva do todo, é possível entender seu potencial e planejar melhor como atingir o seu público alvo e obter o retorno financeiro desejado. Além disso, nunca é tarde demais para rever seu modelo de negócios. O quadro é útil mesmo para empresas já maduras, mas que desejam entender melhor como seus setores interagem e inovar em seus processos.

Leia também: Confira os melhores momentos da palestra de Bob Dorf no Brasil

Este artigo foi originalmente publicado em Endeavor 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo